A falta de movimento na casa durante as férias ou durante o período em que um imóvel não é alugado é fator determinante na infestação de pulgas.
Ao contrário do homem, cujo descendente nasce à semelhança de seus pais, estes insetos tem um ciclo de vida diferente. As fêmeas adultas botam ovos (ovipositam), que se transformam em larvas quando encontram boas condições ambientais que, por sua vez, empupam para se transformarem em adultos.

A ausência de movimento detona processos biológicos que levam as larvas a eclodirem dos ovos e os adultos a emergirem de suas pupas.
Os ovos e as pupas são "impermeáveis" à inseticidas, cuja ação se restringe às larvas e aos adultos da pulga. Assim, o controle desta praga deve ser feito tanto através de medidas preventivas quanto curativas.

As pulgas são pequenos insetos que pertencem a ordem Siphonaptera. São ectoparasitos de aves e mamíferos, principalmente destes últimos. Medem geralmente menos de 5 milímetros de comprimento e suas partes bucais são adaptadas para cortar a pele e sugar o sangue do hospedeiro. Não têm asas, mas possuem pernas extremamente fortes, especialmente o par posterior, que possibilita às pulgas moverem-se rapidamente e pularem distâncias muito maiores que o comprimento de seu corpo. Os olhos são reduzidos ou mesmo ausentes.

As pulgas não causam somente desconforto ao homem e seus animais domésticos, mas também problemas de saúde, tais como, dermatites alérgicas, transmitem viroses, vermes e doenças causadas por bactérias (peste bubônica, tularemia e salmonelose). Apesar das picadas serem raramente sentidas, a irritação causada pelas secreções salivares pode se agravar em alguns indivíduos. Algumas pessoas sofrem uma reação severa resultante de infecções secundárias ocasionadas pelo ato de coçar a área irritada. Picadas no tornozelo e pernas podem, em algumas pessoas, causar dor que pode durar alguns minutos, horas ou dias, dependendo da sensibilidade do indivíduo. Em algumas pessoas não ocorre qualquer reação. A reação típica da picada é a formação de uma pequena mancha dura, avermelhada com um ponto em seu centro.

As espécies mais importantes na saúde pública são: Pulex irritans, que ataca mais o homem, podendo, no entanto, alimentar-se sobre outros hospedeiros; Xenopsylla cheopis, denominada pulga do rato; Ctenocephalides felis felis, conhecida por pulga do gato e Ctenocephalides canis, a pulga do cão.

Para amenizar a irritação ocasionada pela picada da pulga, aplicar mentol, cânfora ou gelo. As pessoas muito sensíveis à picada devem consultar um dermatologista.


- Aspirar bem toda extensão do piso,tapetes e carpetes antes do serviço, despejar a poeira no vaso sanitário. Deixar o aspirador exposto para ser tratado;
- Afastar crianças,gestantes e pessoas idosas por um período mínimo de 6 (seis) horas.
- Afastar pessoas alérgicas, pessoas asmáticas ou muito sensíveis por um período mínimo de 24 (vinte e quatro) horas;
- Os animais domésticos deverão ficar fora por 24 (vinte e quatro) horas, no mínimo;
- Antes do retorno do animal devera ser passado um pano úmido na totalidade do piso;
- Antes de retornar, o animal devera ter tomado banho antipulga no veterinário ou utilizar produto antipulga;
- As mantas, paninhos e almofadas do animal devem ser lavadas, fervidas ou substituídas;
- Todo morador deve-se ausentar do local por pelo menos 2 hs, após a aplicação;
- Retirar bomba de aeração por no mínimo de 6 (seis) horas ou cobrir o aquário pelo mesmo período;


No controle destes insetos, que se alimentam de sangue humano, realizamos um serviço de aplicação de inseticida líquido, através de pulverização, em todos os locais nos quais os mesmos se alojam.
Desta forma, são pulverizados sofás, camas, colchões, estrados, tapetes, carpetes, toda a extensão do piso, caminha do animal, canil, garagem e gramado ao redor da residência.

Devido a pulverização de toda extensão do piso, recomenda-se que pessoas ou animais não permaneçam ou transitem no local até a secagem total do inseticida, o que leva aproximadamente 2 horas. Essa recomendação é necessária, visto que pisos e carpetes que foram pulverizados podem ser sujos ou manchados caso haja presença de pessoas ou animais no recinto. Após a secagem, não há problemas quanto à permanência na área na qual foi aplicado o produto, exceto no caso de gestantes, pessoas idosas e crianças de colo que deverão se manter afastadas um período de 6 horas.

Animais domésticos e pessoas muito sensíveis ou asmáticas, por período de 24 horas, após a limpeza do local. Para um controle mais efetivo, há necessidade de que se tomem medidas recomendadas antes do serviço, tais como: aspirar toda extensão dos pisos, tapetes e carpete. No caso de pulga e carrapato levar o animal para banho no veterinário. Além de todos os cuidados anteriores, é necessário informar a respeito de locais recém pintados e locais nos quais foram aplicados sinteco recentemente. Esses locais não poderão ser tratados.